O escritório COSTA COUTO ADVOGADOS ASSOCIADOS S/S entrará em juízo com ação judicial contra Caixa Econômica Federal com vistas à aplicação dos índices de INPC aos depósitos de FGTS, afastando-se o índice da TR que, por diversos meses, é ZERO e não corresponde à inflação, acarretando marcantes prejuízos para os trabalhadores vinculados ao sistema do FGTS.

 

 

A tese é nova e a equipe do escritório Costa Couto acredita que as chances de êxito são muito boas.  O intuito é fazer com que o reajuste das parcelas incida sobre os últimos 30 (trinta) anos e também as que se vencerem no curso do processo.

 

A ação Judicial é movida contra a CAIXA ECONÔMICA FEDERAL, na justiça federal, e não contra a ECT.

 

 DÚVIDAS E ESCLARECIMENTOS

 

 1.  O PAGAMENTO SERÁ RETROATIVO?

A expectativa é que o pagamento seja retroativo aos últimos 30 (trinta) anos!

 

2. QUEM PODE PARTICIPAR DESTA AÇÃO?

Esta ação interessa a TODOS os empregados, ex-empregados e aposentados da ECT, indistintamente.

 

3.   HONORÁRIOS

*ASSOCIADOS:  Custo inicial ZERO – ADCAP Brasília pagará a quantia inicial para TODOS os Associados que ingressarem na Ação.  NÃO será cobrada NENHUMA quantia inicial.

 

NÃO ASSOCIADOS DA ADCAP Brasília, será cobrada a quantia inicial de R$ 678,00 (seiscentos e sessenta e oito reais).

 

Ao final da ação será devida parcela de honorários, sendo para associados 15% e para não associados de  25% sobre o valor recebido pelo interessado.

 

4.   DOCUMENTOS NECESSÁRIOS: 

SE VOCÊ AINDA NÃO É ASSOCIADO, FILIE-SE E TENHA MAIS ESTE BENEFÍCIO.

 

Não perca esta oportunidade!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *