Em 17 deste mês, estiveram presentes à 12ª Sessão Extraordinária de 2009, no plenário do CNMP, o Presidente da ADCAP BRASÍLIA, Nésio Nani Reina Filho, o Vice-presidente, Ismael Alves Justo, e os advogados contratados Dr. Celso Lemos, Dr. Ademar Cypriano Barbosa e Dr. Gustavo Arthur Coelho Lobo de Carvalho, respectivamente dos escritórios Lemos & Chelotti, Amaury Nunes e Almeida & Carvalho.

O Plenário do Conselho Nacional do Ministério Público deu inicio à apreciação de Recurso promovido pela ADCAP BRASÍLIA referente a reclamação disciplinar contra o Procurador da República Bruno Caiado de Acioli, em decorrência de demora na conclusão dos processos, descortesia no trato com os empregados dos Correios e cerceamento de defesa, entre outras arbitrariedades causadoras de lentidão nas decisões de cunho empresarial.
Durante a Sessão do CNMP, o Eminente Senhor Conselheiro Almino Afonso Fernandes admoestou o Procurador Bruno Acioli pela falta de urbanidade com que se comportava na ocasião. A advertência foi imediatamente endossada pelo Eminente Senhor Conselheiro Cláudio Barros Silva que, então, ocupava a Presidência do Colegiado.
Fez sustentação oral pela ADCAP o Ilustre Advogado Celso Lemos. Em seguida, o Conselheiro Almino fez pedido de vista ao Processo.
O áudio da sessão de julgamento, processo 389/2008 encontra-se neste link
http://www.cnmp.gov.br/sessoes/sessoes-de-2009/12a-extraordinaria-de-2009/11a-sessao-extraordinaria-de-2009 
Nota da Diretoria Executiva da ADCAP Brasília

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *